A densidade demográfica local é de 9,47 hab/km ² e  o Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM)  alcança  0,541 e quanto mais próximo de 1 significa maior o desenvolvimento local.

Pelos dados do IBGE/2010, a estrutura etária da população de menos de 15 anos envolvia 3.877 e 6.812 entre 15 a 64 anos. 569 habitantes estavam acima de 65 anos. 65,27 % dos moradores dependem da população economicamente ativa. A taxa de envelhecimento é 5,05%   e é expresa em número de residentes com 65 ou mais anos por 100 moradores com menos de 15 anos.

Em 2010, conforme o IBGE, a taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade alcançava 93%. Em 2018,   o ensino fundamental  atendei 1.878 alunos e 408 no ensino médio. A taxa de mortalidade infantil média na cidade é de 23.26 para 1.000 nascidos vivos. As internações devido a diarreias são de 3.6 para cada 1.000 habitantes. Comparado com todos os municípios do estado, fica nas posições 32 de 217 e 149 de 217, respectivamente.  A Vila Novos dos Martírios possui quatro estabelecimentos do Sistema Único de Saúde (SUS).

Em relação aos  dados socioeconômicos municipais, a renda percapta local, segundo o IBGE, é de R$ 252,89. São extremamente pobres 42,41% dos moradores e 52,60% são pobres. A  vulnerabilidade social atinge 69,64% das pessoas de 18 anos ou mais  e 56,91% não tem o ensino fundamental completo e a ocupação é informal. Em 2017, o salário médio mensal dos trabalhadores formais alcançava 2,3 salários mínimos. Em 2010, segundo o IBGE, 46.9% da população tinham um rendimento nominal mensal per capita de até ½ salário mínimo. O salário médio mensal dos trabalhadores formais, em 2017, era de 2,3 salários mínimos.

Já conforme dados da InfoSanBa (2010), uma ferramenta tecnológica colaborativa para estudos sobre a realidade do saneamento municipal no Brasil, a realidade do saneamento básico revela que o 22% do abastecimento de água na cidade é feito por poço ou nascente. A Rede geral atende 74% e 4% tem acesso por outros meios. O serviço de limpeza alcança 84% e 11 % são queimados. As caçambas recolhem  1%, que é  jogado em terreno baldio. 1% do lixo é enterrado, entre outras realidades. 66% dos domicílios tem banheiro e  30% sanitário. 4% dos moradores não tem acesso a estas duas estruturas sanitárias. 77% do esgotamento sanitário são feitos por fossa rudimentar e a fossa séptica alcança 1% da população. 17% dos moradores usam a vala e não existe rede geral na cidade.

Em relação à habitação, 88,38% da população tem água encanada e 94,98% possuem  energia elétrica em domicílios. 79,58% da população em domicílios tem coleta de lixo, conforme dados do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) e Fundação João Pinheiro (FJP).  Em 2010, pelos dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE),o esgotamento sanitário adequado alcançava 1% dos habitantes, a arborização de vias públicas era de 33,7% e a urbanização das vias públicas era de 0,1%.

Em relação à legislação relacionada ao plano diretor municipal da cidade e sobre legislação fundiária, não foram encontradas referências no website da Prefeitura Vila Nova dos Martírios. A prefeitura está localizada na Avenida Rio Branco s/n, Centro. Telefone: 99 3539 1502 -  E-mail: sac@vilanovadosmartirios.ma.gov.br.

©2020 por Projeto Rede Amazônia.