Prefeitura de Luzinópolis cria grupo de trabalho municipal da Rede Amazônia


O prefeito municipal de Luzinópolis, no Estado do Tocantins, João Miguel Castilho, popularmente conhecido por João Português, assinou a Portaria Nº 54/em 20 de agosto de 2021 criando e nomeando os membros do Grupo de Trabalho Municipal (TM). Eles terão a responsabilidade de implementar o Programa Morar, Conviver e Preservar a Amazônia (Rede Amazônia) em parceria com a Universidade Federal do Pará - UFPA. O Programa é uma parceria firmada entre a Comissão de Regularização Fundiária da Universidade Federal do Pará (CRF-UFPA) e o Ministério de Desenvolvimento Regional (MDR). Estão envolvidos no trabalho 52 municípios amazônicos.

Pela força de lei da Portaria, o GTM de Luzinópolis será integrado pelos seguintes membros: Bruno Fragata Cordeiro dos Santos assume a coordenação municipal. Celiana Borges de Souza e Géssica dos Santos são as representantes técnicas da área social e Genilson Hugo Possoline responderá pela área jurídica. Daniel Neto Ribeiro e Cristiano Torres de Oliveira são responsáveis pela área territorial. Jonas Pereira da Costa fará articulação e a mobilização com a sociedade civil.

Conforme o prefeito João Miguel Castilho, o Grupo de Trabalho Municipal atuará durante todas as etapas de implementação do Programa, respeitando o cronograma de planejamento e a execução previstos no termo de cooperação firmado entre a Secretaria Nacional de Habitação do Ministério do Desenvolvimento Regional (SHN/MDR) e a Universidade Federal do Pará (UFPA) e a gestão municipal. “O Grupo terá como principal atribuição, dentre outras, o fornecimento de dados, informações, documentos, além de todo o apoio logístico e técnico que se fizerem necessários para viabilizar o desenvolvimento das ações do Programa na cidade de Luzinópolis”, enfatizou o prefeito.


Texto: Kid Reis – Ascom CRF-UFPA - Fotos: Kézia Reis – Ascom CGJUS


1 visualização0 comentário