NAEA e CRF-UFPA comunicam errata do Edital sobre especialização em regularização


A Coordenação do Programa de Pós-Graduação Lato Sensu (PPLS) do Núcleo de Altos Estudos Amazônicos da Universidade Federal do Pará (UFPA) comunica esta errata do Edital nº 001/2020/PPLS/NAEA/UFPA, publicado no dia 23 de dezembro de 2020, referente ao processo de seleção de candidatos/as para compor a turma do Curso de Especialização em Tecnologias Aplicadas à Regularização Fundiária e Prevenção de Conflitos Socioambientais, Habitacionais e Sanitários.


ONDE SE LÊ:

5 Das Inscrições

5.1. As inscrições são gratuitas e somente serão aceitas mediante a entrega dos documentos na plataforma do SIGGA da UFPA e indispensáveis à geração do Número de Inscrição.

5.2 . As inscrições serão realizadas apenas pelo SIGAA UFPA, no endereço eletrônico https://sigaa.ufpa.br/sigaa/public/processo_seletivo/lista.jsf. Para completar e validar a inscrição, o(a) candidato(a) deverá preencher a ficha no sistema (Ficha de Inscrição Online – Anexo I) e carregar os documentos nesta plataforma SIGAA. Não serão aceitas candidaturas inscritas no SIGAA após a data e horário limite para a inscrição.

5.3 Os documentos a serem carregados no SIGAA, em único arquivo *pdf, são:

a) Ficha de Inscrição Online (Anexo I);

b) Cópia digitalizada do diploma de graduação;

c) Cópia do curriculum vitae preenchido na plataforma Lattes;

d) Cópia frente e verso do RG e do CPF;

e) Carta de recomendação assinada pela Chefia Imediata e pela coordenação estadual do Programa Rede Amazônia: Morar, Conviver e Preservar: Rede Amazônia (Anexo II);

f) Cópia do contracheque recente para os candidatos da demanda social/técnico ou docente da UFPA (Anexo III);

g) Autodeclaração de pertencimento étnico para populações tradicionais para demanda social (Anexo IV);

h) Declaração de pertencimento étnico para candidato (a) indígena de demanda social (Anexo V);

i) Declaração de pertencimento étnico para candidato (a) quilombola de demanda social (Anexo VI).

j) Cópia digitalizada do Número do CadÚnico para candidato (a) de demanda social (Anexo VII)

k) Extrato da solicitação do Auxílio Emergencial do Governo Federal (link: https://consultaauxilio.dataprev.gov.br/consulta/#/) para candidato (a) de demanda social com vulnerabilidade social (Anexo VIII).

l) Declaração do Movimento Popular para candidato (a) de demanda social (Anexo IX);

m) Carta da coordenação-geral do Programa Morar, Conviver e Preservar para a cota de demanda social (Anexo X). (...) 5.7 Para os que tiverem a inscrição homologada, deverão enviar os comprovantes das informações incluídas no currículo lattes, as quais serão juntadas e enviadas para o email: pplsnaea@gmail.com, com cópia para secretaria_naea@gmail.com, que acusará o recebimento para efeito de comprovação de envio, e encerrará o processo de inscrição no certame.


LEIA-SE:

5.1. As inscrições são gratuitas e somente serão aceitas mediante a entrega dos documentos na plataforma do SIGGA da UFPA e indispensáveis à geração do Número de Inscrição. NO FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO, NO MOMENTO DE PREENCHIMENTO, TODOS DEVEM OBRIGATORIAMENTE MARCAR O ITEM “A PESSOA É DEMANDA SOCIAL ISENTA DE PAGAMENTOS” LOGO ABAIXO DE “TÍTULO DE LEITOR”, MESMO QUE O/A CANDIDATO/A NÃO SE ENQUADRE NA DEMANDA SOCIAL CONFORME A TIPOLOGIA ESTABELECIDA NO ARTIGO 4, INTITULADO “DAS VAGAS”. O CONTROLE DE QUEM É OU NÃO DEMANDA SOCIAL SERÁ FEITA POSTERIOMENTE PELA COORDENAÇÃO DO PPLS DE POSSE DAS INFORMAÇÕES. AO MARCAR O ITEM REFERIDO, O/A CANDIDATO/A DEVE FAZER O UPLOAD DE UM ÚNICO ARQUIVO EM PDF COM TODOS OS DOCUMENTOS EXIGIDOS NESTE ARTIGO, DE ACORDO COM O TIPO DE VAGA PRETENDIDA, CONFORME INCISO “ 5.2”, DESCRITO ABAIXO

5.2 As inscrições serão realizadas apenas pelo SIGAA UFPA, no endereço eletrônico https://sigaa.ufpa.br/sigaa/public/processo_seletivo/lista.jsf. Para completar e validar a inscrição, o(a) candidato(a) deverá preencher a ficha no sistema (Ficha de Inscrição Online – Anexo I) e carregar os documentos nesta plataforma SIGAA. Não serão aceitas candidaturas inscritas no SIGAA após a data e horário limite para a inscrição.

5.3 Os documentos a serem carregados no SIGAA, em único arquivo *pdf, são:

a) Ficha de Inscrição Online (Anexo I);

b) Cópia digitalizada do diploma de graduação;

c) Cópia do curriculum vitae preenchido na plataforma Lattes;

d) Cópia frente e verso do RG e do CPF;

e) Carta de recomendação assinada pela Chefia Imediata e pela coordenação estadual do Programa Rede Amazônia: Morar, Conviver e Preservar: Rede Amazônia (Anexo II);

f) Cópia do contracheque recente para os candidatos da demanda social/técnico ou docente da UFPA (Anexo III);

g) Autodeclaração de pertencimento étnico para populações tradicionais para demanda social (Anexo IV);

h) Declaração de pertencimento étnico para candidato (a) indígena de demanda social (Anexo V);

i) Declaração de pertencimento étnico para candidato(a) quilombola de demanda social (Anexo VI).

j) Cópia digitalizada do Número do CadÚnico para candidato (a) de demanda social (Anexo VII).

k) Extrato da solicitação do Auxílio Emergencial do Governo Federal (link: https://consultaauxilio.dataprev.gov.br/consulta/#/) para candidato (a) de demanda social com vulnerabilidade social (Anexo VIII). l) Declaração do Movimento Popular para candidato (a) de demanda social (Anexo IX); m) Carta da coordenação-geral do Programa Morar, Conviver e Preservar para a cota de demanda social (Anexo X). (...)

5.7 Para os que tiverem a inscrição homologada, deverão enviar os comprovantes das informações incluídas no currículo lattes, as quais serão juntadas e enviadas para o email: pplsnaea@gmail.com, com cópia para secretaria_naea@gmail.com, que acusará o recebimento para efeito de comprovação de envio, e encerrará o processo de inscrição no certame.


Assinam o documento, Durbens Martins Nascimento, diretor-Geral do Núcleo de Altos Estudos Amazônicos (NAEA), e Myrian Silvana da Silva Cardoso Ataíde dos Santos, Coordenadora do Projeto TED/Programa Morar, Conviver e Preservar: Rede Amazônia. Belém, 05 de janeiro de 2021.


Kid Reis Ascom-CRF-UFPA

24 visualizações0 comentário

©2020 por Projeto Rede Amazônia.