GTE-Mato Grosso avança e apresenta projeto urbanístico para a Prefeitura de Nova Ubiratã


Entre 25 e 29 de outubro, a Coordenação Estadual do Programa Morar, Conviver e Preservar a Amazônia (Rede Amazônia), composta por pesquisadores da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), apresentará para os gestores públicos da Prefeitura de Nova Ubiratã o Projeto de Regularização Fundiária e o Plano Urbanístico Preliminar do Distrito de Entre Rios.

Na programação das atividades, de acordo com Claudio Miranda, coordenador do GTE-MT da Rede Amazônia, no dia 26 de outubro, terça-feira, pela parte da manhã, ocorrerá reunião com o prefeito municipal, Edegar Bernardi e a sua equipe de gestores, além da participação do representante de cartório de registro de imóveis local. Pela parte da tarde, as informações serão compartilhadas com os membros do Grupo de Trabalho Municipal (GTM) e gestores da Secretaria Municipal de Ação Social.

No dia 27 de outubro, quarta-feira, ocorrerá o deslocamento para a comunidade do Distrito de Entre Rios, quando será apresentado e debatido com os moradores, pela parte da tarde, o projeto urbanístico da área a ser regularizada, assim como acatar os remembramentos propostos durante o diálogo entre os participantes.

Dia 28 de outubro, quinta-feira, as atividades que serão encaminhadas envolvem o recadastramento de lotes e demarcação de lotes de usuários de CADÚnico, que é uma ferramenta do governo federal para identificar as famílias em situação de vulnerabilidade social e que se enquadrem em programas sociais que visam melhorar a condição de vida, assim como garantir os demais direitos constitucionais.


Texto: Kid Reis - Ascom CRF-UFPA - Fotos: Amnon Kislon - Ascom Prefeitura de Nova Ubiratã.





21 visualizações0 comentário