Futuros especialistas debatem regularização, projeto urbanístico e ordenamento urbano amazônico


A próxima disciplina do Curso de Especialização em Tecnologias Aplicadas à Regularização Fundiária e Prevenção de Conflitos Socioambientais, Habitacionais e Sanitários será realizada entre 8 e 16 de outubro, com 36 horas aulas, e será ministrada pelo professor José Júlio Lima, da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo e do Programa de Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal do Pará. O foco é a Regularização fundiária I e o Projeto Urbanístico na região amazônica.

Segundo o professor, na ementa do curso os 40 futuros especialistas debaterão conceitos urbanísticos, elaboração do estudo urbanístico ambiental e a construção da planta da estrutura urbana consolidada a partir do levantamento topográfico de um território. Será discutido, também, o parecer urbanístico ambiental, a planta/proposta de regularização fundiária e o estudo técnico ambiental. “A proposta é mostrar as relações entre a regularização fundiária, o projeto urbanístico e os desafios para o ordenamento urbano das cidades amazônicas, assim como sinalizar para os discentes a importância deste olhar plural uma vez que residem e trabalham em municipios distintos e com realidades diferentes na Amazônia Legal”, assinala José Júlio.

Os discentes terão acesso a conhecimentos para planejar e analisar projetos, adotar novas metodologias e diagnosticar as áreas definidas no âmbito do Programa Rede Amazônia, que é uma rede de ensino, pesquisa e extensão atuante em nove estados amazônicos. “Trabalhamos em conjunto com 12 universidades públicas da região, diversas prefeituras, comunidades e outras parcerias institucionais”, acrescenta o professor (foto ao lado).

A especialização capacita os discentes para operar e solucionar problemas demandados pelas organizações estatais, não estatais, estadual e ou municipal nos diversos processos do ciclo da regularização fundiária e prevenção de conflitos socioambientais, habitacionais e sanitários na Amazônia Legal.

Na bibliografia, os futuros especialistas encontrarão, ainda, subsídios e leituras sobre gestão e governança local para a Amazônia sustentável; loteamentos urbanos; manual de loteamentos e urbanização; tratamento especial de fundos de vale em projetos de urbanização de assentamentos precários como estratégia de recuperação das águas urbanas e as deliberações sobre Águas Urbanas: I Seminário Nacional sobre Regeneração Ambiental das Cidades.


Texto: Kid Reis – Ascom CRF-UFPA - Fotos: Arquivo CRF-UFPA


9 visualizações0 comentário