Conheça a coordenação do GTE-RO na Universidade Federal de Rondônia


Dados divulgados pela Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR) mostram que a instituição é a única universidade pública do Estado de Rondônia e foi criada em 1982 pela Lei nº 7011, de 8 de julho, cuja sede administrativa fica em Porto Velho. A UNIR possui oito campi, localizados nos municípios de Ariquemes, Cacoal, Guajará-Mirim, Ji-Paraná, Porto Velho, Presidente Médici, Rolim de Moura e Vilhena.

Na universidade, o Programa Morar, Conviver e Preservar a Amazônia (Rede Amazônia) é coordenado pela engenharia civil Tatiane Emílio Checchia, cuja linha de pesquisa é a hidrotecnia e infraestrutura, e por Diego Henrique de Almeida, engenheiro industrial madeireiro, que tem como linha de pesquisa materiais de construção civil.

O Programa Morar, Conviver e Preservar a Amazônia é uma parceria da Comissão de Regularização Fundiária da Universidade Federal do Pará (UFPA) com o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) e o trabalho é desenvolvido numa rede de ensino, pesquisa e extensão, interfederativa, por meio da inovação, capacitação e assistência técnica em regularização fundiária urbana, prevenção de conflitos de naturezas socioambiental, habitacional e sanitária na Amazônia Legal.

A área de trabalho do Programa na Amazônia Legal envolve 78 glebas existentes em 52 cidades amazônicas, que possuem 13.749 hectares, onde residem 530.231 mil pessoas em mais de 152.852 mil domicílios.


Texto: Kid Reis – Ascom-CRF-UFPA

Foto: Arquivo dos pesquisadores

6 visualizações0 comentário